Mercado
Nossas Dicas

Não fique na dúvida, confira a lista de documentos essenciais para exportar!

Sua empresa expandiu e o território nacional já não é mais o suficiente? Que tal exportar? Esse é o caminho que a maioria das empresas brasileiras seguem para ampliar o seu negócio, mas aí surgem diversas dúvidas de como exportar seus produtos para outros países, principalmente pela burocracia. São diversos documentos que precisam ser gerados para evitar que haja qualquer entrave durante o transporte das mercadorias e para te ajudar, a Asia Shipping fez uma lista com os principais deles. Confere aí!

Fatura Proforma – Proforma Invoice

É o primeiro documento do processo de exportação, ainda quando as mercadorias estão em negociação. É semelhante à fatura comercial, porém com ares de um orçamento, o que não gera obrigação de pagamento por parte do comprador. É um documento para formalizar a negociação entre exportador e importador, nele normalmente contém as especificações como a quantidade, preço, transporte, embalagem e forma de pagamento e condições de venda e responsabilidades (Incoterm) para que o comprador dê o seu aceite e providencie as formalidades para a importação. Deve ser emitida no idioma do país importador ou em inglês.

Fatura Comercial – Commercial Invoice

De efeito semelhante a uma nota fiscal é fundamental para o desembaraço da mercadoria no país de destino, visto que é um dos principais documentos exigidos pela maioria das autoridades alfandegárias de todo o mundo para liberar remessas e/ou embarques. É o registro da transação comercial realizada entre importador e exportador, assim merece bastante atenção.

Romaneio de Carga –  Packing List

Um documento com a lista de todos os produtos/volumes embarcados, fundamental para o desembaraço dos produtos e orientação do importador sobre o conteúdo recebido.

Conhecimento de Embarque – Bill of Lading/AirwAY bILL

Um documento com multifunções pois é ao mesmo tempo um recibo de mercadorias emitido pelo Transportador/Agenciador, um contrato de Transporte e o documento de posse ou propriedade da carga, constituindo assim um título de crédito. É emitido pela transportadora para atestar o recebimento e condições das mercadorias, além da obrigação de entrega.

Certificado de Origem – Origin Certificate

Tem como principal função comprovar a origem da mercadoria e habilitação à isenção ou redução do imposto de importação, é responsabilidade do exportador, usualmente a pedido do importador, que deve emiti-lo no órgão responsável.

Apólice de Seguro de Transporte

É imprescindível quando a venda é condicionada à contratação de seguro dos produtos (responsabilidade definida pela Incoterm selecionado para a operação). A emissão deve ser feita junto à companhia seguradora antes do embarque da mercadoria.

DU-E Declaração Única de Exportação

A partir da nota fiscal emitida (verifique a tributação e a natureza da operação), o despachante aduaneiro registrará a DU-E por meio do Portal Único de Comércio Exterior, iniciando assim o processo de despacho aduaneiro de exportação.

Nota Fiscal

Com o Registro de Exportação em mãos é o momento de emitir a nota fiscal que irá acompanhar as mercadorias no percurso do exportador até a liberação na Receita Federal.

Vai exportar? Conte com os serviços da AS para ter uma operação mais tranquila, segura e eficiente!