Pular para o conteúdo
home office
Mercado
Nossas Dicas
Recursos Humanos

Home office é alternativa para empresas não pararem durante o distanciamento social

Diante da pandemia de COVID-19, o home office se tornou essencial para diversas empresas, uma forma de continuar com as atividades sem expor seus colaboradores e familiares a possíveis contaminações e respeitar o distanciamento social imposto pelos governantes locais. A necessidade desse novo regime de trabalho quebrou barreiras em diversas corporações e setores que acreditavam que a modalidade não funcionaria na prática.

O setor de comércio exterior, por exemplo, tradicional pela burocracia e quantidade de documentos físicos ainda utilizados por armadores, Receita Federal, companhias aéreas e outras, resistia às mudanças e impunha algumas barreiras a transformação digital do ambiente de trabalho. “A dinâmica do serviço em comércio exterior ainda é bem dependente de mais agentes para dar sequência em processos. Porém com sistema de liberação da assinatura eletrônica começamos a substituir o recebimento do documento original, apesar da resistência de alguns armadores”, afirma Maria Paula, analista de importação na Asia Shipping, maior integradora da América Latina, que desde meados de março opera 100% via home office.

Adaptando-se à nova realidade, a Asia Shipping disponibilizou equipamentos, treinamentos e acompanha diariamente seus colaboradores. “A empresa está dando todo suporte neste momento. Poder levar minha própria máquina para casa foi essencial, sinto-me no próprio escritório. As mensagens positivas no dia a dia ajudam também. Eu serei eternamente grata a Asia Shipping por me manter segura e, indiretamente, minha mãe segura também. Isso não tem preço”, explica Elizabete Viana Carvalho, Auxiliar Operacional.

Quanto a adaptação à nova forma de trabalho, muito colaboradores se surpreenderam ao ver que o home office é sim possível. De acordo com Sérgio Bueno, Controller na empresa, as ferramentas de tecnologia atuais demonstram não ser necessária a presença física em um mesmo recinto para que decisões estratégicas sejam tomadas. Para alguns deles, até a melhora é possível ser notada. “É a primeira vez que passo por isso, e sinto que mesmo em home office, a empresa está disponível da mesma forma, como meus colegas de trabalho também. Minha rotina melhorou e minha qualidade de vida também”, conta Ana Letícia Carvalho, Sales Support na Asia Shipping.

Preocupação da maioria das empresas, a disciplina e foco no trabalho tem se mantido ou ainda superado as expectativas durante o home office em alguns casos. Segundo Meire Fonseca, colaboradora do setor de Customer Service foi quebrada a barreira que os colaboradores poderiam não se dedicar tanto quanto trabalhando presencialmente. “O que aconteceu foi totalmente o inverso, tenho percebido uma dedicação muito maior por parte da grande maioria dos meus colegas”, declara.

Em relação a continuar com essa modalidade de trabalho após a quarentena, os colaboradores se mostraram abertos, porém sugerindo equilíbrio entre o tempo in loco e home office. “Conseguimos manter a rotina em casa e, em contrapartida, reduzir custos para empresa. Mas julgo importante o contato com a equipe também. Creio que há possibilidades de dosar, equilibrar essa questão, afirma Estefane Cenzi, Logistics Consultant.

“A Asia Shipping é acima de tudo uma empresa humanitária, que percebe que quanto mais o colaborador se sente à vontade mais ele devolve como gratidão um desempenho melhor na sua produtividade. Aos poucos as nossas habilidades serão aprimoradas nessa nova prática, havendo esse equilíbrio mútuo entre colaborador e empresa, finaliza Monick Marialva, Analista de Processos na Asia Shipping.

 

Matéria veiculada originalmente no Mundo do Marketing