Serviços
Aéreo
Importação

Avião de passageiro ou cargueiro: qual utilizar para importação aérea?

Com o principal intuito de realizar uma entrega mais rápida, a importação aérea é uma das possibilidades de modal a ser utilizado no comércio exterior. Porém, existe mais de uma forma de realizar isso, sendo as características do produto a maior influência na escolha. Para que o transporte seja realizado com segurança, no momento da cotação do frete, é indispensável fornecer todos os dados reais do produto, de modo a garantir que a entrega seja feita de forma correta e os custos dentro do previsto. Realizar todos os procedimentos aduaneiros necessários para este modal também é de extrema importância, para que não se tenham problemas futuros especialmente com a Receita Federal.

Por se tratar de um transporte ágil e cuidadoso, o valor da importação aérea é consideravelmente alto. Por isso, muitas empresas buscam alternativas para tentar baratear o valor do frete. Uma dessas alternativas é fazer o embarque da mercadoria em um avião de passageiro. Isso é possível desde que o produto esteja de acordo com as normas estabelecidas pela companhia aérea. Como neste caso, a carga ficará junto das bagagens dos passageiros, caso o voo esteja lotado o espaço para a mercadoria será nulo. Já se houver lugares vagos, é possível fazer o despache, desde que dentro dos limites de peso e tamanho.

Quando a mercadoria não se enquadra nessas exigências, aí a importação aérea precisa ser realizada por meio de um avião cargueiro. Existem também algumas restrições ao embarque em aeronave tradicional, como para cargas perigosas e/ou químicas como as baterias, por isso exigem que os aviões cargueiros, específicos para o transporte de mercadoria. Além de um espaço maior, eles fazem uma rota diferenciada para que o desembarque seja feito em aeroportos específicos por medidas de segurança.

Embora a redução dos custos logísticos seja importante, para a cotação do frete em um avião de passageiros, é necessário que todas as informações sejam passadas corretamente, da maneira como a Asia Shipping (AS), maior integradora logística da América Latina, realiza. Só assim será possível avaliar se esse transporte será possível e o custo exato que a empresa terá com ele. A AS reforça ainda a importância de, independentemente do tipo de avião a ser realizada a importação aérea, os procedimentos aduaneiros serem realizados conforme estipulado pela Receita, evitando irregularidades.