Mercado
Mundo
Desembaraço Aduaneiro

Inteligência artificial no comércio exterior: como ela pode contribuir?

Capaz de proporcionar vantagens em todos os segmentos, a Inteligência Artificial tem ganho também o comércio exterior. A cada dia mais presente nas corporações, os sistemas inteligentes são capazes de fazer uma detalhada análise de dados, otimizando o trabalho em diferentes setores, especialmente no Desembaraço Aduaneiro. Além de agilizar a entrada e a saída das mercadorias, os erros são minimizados, proporcionando um serviço mais eficaz. Proporcionar ao cliente a comodidade do acompanhamento instantâneo é outra vantagem possível a partir do investimento em tecnologia e em sistemas inteligentes.

Serviço essencial no comércio exterior, o Desembaraço Aduaneiro envolve uma série de trâmites burocráticos, mas obrigatórios, para a regularização de tudo o que é importado e exportado. Todas as análises têm como finalidade a confirmação dos devidos cálculos tributários e se a mercadoria corresponde ao que está descrito na documentação. Para toda liberação de entrada ou a saída do território brasileiro, a Inteligência Artificial tem um papel muito importante, de tornar esses processos mais simples e ágeis. Distribuir melhor as atividades dos colaboradores da empresa é outra possibilidade, além de permitir que o cliente tenha acesso ao status em que sua carga está dentro do processo para ser liberada.

Por meio da Inteligência Artificial, muitos dos procedimentos podem ser realizados de maneira automatizada, trazendo mais rapidez, praticidade e principalmente redução de erros. Porém, isso exige investimento em inovação, ambição que tornou a Asia Shipping (AS) a maior integradora logística da América Latina. A empresa hoje posiciona-se como referência em serviços aduaneiros, atendendo toda e qualquer demanda de suas operações, e está contratando justamente esse serviço para aperfeiçoar o atendimento aos seus clientes.

Certificada em Compliance e Qualidade pelo ISO 9001 para a atividade de Desembaraço Aduaneiro, a AS envia também aos clientes modelos de controles de performance, os KPIs, com flexibilidade para desenvolver e divulgar mecanismos de medições customizados. “O investimento em Inteligência Artificial é a adaptação de um serviço necessário à realidade do mundo de hoje. Mais praticidade e rapidez para a conclusão dos processos significa um movimento maior e mais organizado da economia”, finaliza a empresa. Para conhecer a metodologia utilizada pela AS, acesse o site e confira os serviços oferecidos

Mercado
Brasil

Por que o Brasil não opta pelas ferrovias? Veja as vantagens do modal

A necessidade da ampliação do uso de diferentes modais de transporte é um assunto que já vem sendo tratado há algum tempo pelas empresas do setor. As falhas nos meios mais tradicionais e os altos custos são fatores que impactam diretamente no pleno atendimento ao cliente. Além disso, as características da mercadoria a permite ser transportada de modo mais seguro, como pelas ferrovias, desde que essa atividade seja colocada em prática. Dados da ANTF, Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários, apontam que de cada 100 quilos de cargas transportadas no País, só 15 trafegam em linhas de trem. Outros 65 quilos são levados por rodovias, e 20, por outros modais de transporte. A diminuição do investimento na construção de ferrovias é um dos fatores que fortalecem esse cenário, mas que deve ser mudado. Facilitar os transportes e reduzir os custos precisa ser prioridade nos dias atuais.

De acordo com matéria divulgada no Jornal do Comércio, entre os países de dimensões semelhantes, o Brasil é o que menos utiliza as ferrovias para o transporte de cargas. O índice apresentado é muito inferior aos percentuais registrados em países como Rússia, Canadá, Austrália, Estados Unidos e China. Na Rússia, 81% das cargas são transportadas em linhas férreas, estando o Canadá em segunda colocação com 46%. Na sequência, aparecem Austrália e EUA (ambos com 43%), e China (37%). As rodovias só representam o principal meio de transporte no Brasil e na China – lá, com 50% do total. 

Como inúmeras são as dificuldades do transporte rodoviário no Brasil, a Asia Shipping (AS), maior integradora logística latino-americana, afirma que as ferrovias têm muito a contribuir. Sua grande capacidade de carga, elevada eficiência energética, baixo custo de transporte, manutenção, seguro e frete são algumas das vantagens de optar por esse modal. A segurança oferecida, os baixos impactos ambientais e a rapidez com que as entregas são realizadas também são pontos a serem levados em consideração.

De acordo com a ANTF, dados de 2017 mostram que a produção ferroviária atingiu 375 bilhões de toneladas por quilômetro no Brasil, alta de 170% em relação ao índice de 20 anos antes, quando as ferrovias foram concedidas. Esses números apontam para uma perspectiva de investimento no setor, o que deve estimular ainda mais a utilização desse modal. A AS é especialista em encontrar a melhor solução para o seu transporte de cargas, inclusive pelas ferrovias. Acesse o site e confira nossos serviços!

Mercado
Últimas notícias
Brasil

Praticidade nas importações: veja como a Duimp promete ajudar

Com o objetivo de integrar todos os órgãos governamentais para operações de importação mais eficientes, a Declaração Única de Importação (Duimp), realizada pelo Portal Único de Comércio Exterior (Siscomex), deve beneficiar cerca de 40 mil empresas que trabalham com comércio exterior no Brasil. A ferramenta da Receita Federal agiliza a compra de produtos, reduzindo significativamente o tempo gasto com a operação.

A implantação da Duimp foi iniciada em outubro do ano passado de forma piloto, especialmente para os importadores certificados como Operadores Econômicos Autorizados (OEA), na modalidade Conformidade Nível 2. A expectativa é que as mudanças entrem totalmente em vigor este ano ou no máximo em 2020. Com grande incentivo ao setor, devido às facilidades apresentadas, as mudanças foram criadas para proporcionar uma considerável redução nos prazos médios dos trâmites de liberação das mercadorias na importação, reduzindo também os custos na cadeia logística das empresas. A AS, maior integradora logística da América Latina, já faz uso da Duimp e afirma que realmente é uma maneira de otimizar os serviços.

Este único documento que substitui as Declaração de Importação (DI), Declaração Simplificada de Importação (DSI), Licença de Importação (LI) e Licença Simplificada de Importação (LSI), as duas últimas no que se referem às inspeções. O registro antecipado é outra facilidade, pois com ele é possível fazer a parametrização durante o trânsito da mercadoria, o que permite que o produto chegue ao destino já desembaraçado.

Com relação à carga e à mercadoria, a Duimp faz uma diferenciação, em que o importador pode realizar o desembaraço parcial da carga para dar o seguimento às mercadorias que, eventualmente, estejam em situação do risco ou de análise por parte das autoridades. Após sua implantação total, a Duimp será utilizada na operacionalização da mercadoria entre as zonas primárias e secundárias, fazendo o papel da Declaração de Trânsito Aduaneiro (DTA). Deixando de existir essa declaração, a empresa importadora poderá nacionalizar as mercadorias que já tenham sido removidas fazendo uso do mesmo documento.

De acordo com o Portal Siscomex, os atuais sistemas de importação permanecerão em produção, até a completa implantação do Novo Processo de Importação e período de coexistência para a migração dos operadores. 

Nossas Dicas
Cabotagem

Conheça qual o procedimento aduaneiro necessário para a cabotagem

Método utilizado para transportar entre portos de um mesmo país, a cabotagem vem ganhando espaço no Brasil devido às vantagens apresentadas quando comparada a outros modais. Mas, para que essa movimentação seja realizada da maneira correta, é imprescindível seguir todas as determinações vigentes. No caso de embarcações nacionais ou nacionalizados, não há procedimento aduaneiro a ser cumprido, basta que a empresa siga as regras dos órgãos reguladores. Já as embarcações estrangeiras ou desnacionalizadas serão automaticamente classificadas no regime aduaneiro especial de admissão temporária com suspensão total do pagamento de tributos.

O procedimento aduaneiro especial de admissão temporária a qual se enquadra a cabotagem é o que permite a importação de bens que devam permanecer no País durante prazo fixado, com suspensão total do pagamento de tributos incidentes na importação. Baseado na Instrução Normativa RFB nº 1600, a embarcação em cabotagem fica dispensada de registrar a Declaração de Importação (DI), bem como os demais procedimentos aduaneiros desse regime. Confira abaixo quais os tributos dos quais as embarcações estão isentas:

  • Imposto de importação (II)
  • Imposto sobre produtos industrializados (IPI)
  • Contribuição para os programas de integração social e de formação do patrimônio do servidor público incidente na importação de produtos estrangeiros ou serviços (PIS/Pasep-Importação); 
  • Contribuição social para o financiamento da seguridade social devida pelo importador de bens estrangeiros ou serviços do exterior (Cofins-Importação);
  • Contribuição de intervenção no domínio econômico combustíveis (Cide-Combustíveis) e adicional ao frete para renovação da Marinha Mercante (AFRMM).

Embora com essas facilidades e sendo o procedimento aduaneiro de admissão temporária para cabotagem realizado de maneira automática, é importante que as empresas obedeçam aos procedimentos previstos na Instrução Normativa RFB nº 800, que dispõe sobre o controle aduaneiro informatizado da movimentação de embarcações, cargas e unidades de carga nos portos alfandegados. 

Isso significa que o procedimento aduaneiro relativo à admissão temporária não dispensa, por sua vez, outras obrigatoriedades das empresas logísticas, como a emissão do manifesto eletrônico e o registro das escalas. Informações a respeito do veículo ou carga e as operações executadas, devem ser devidamente descritas de acordo com a maneira e prazo previamente estabelecidos pelo sistema de controle de cargas da Receita Federal, sob pena de multa. 

Precisou de serviço de cabotagem, conte com a AS, maior integradora logística latino-americana! Acesse o site e conheça os demais serviços.

Consolidação de Cargas
Nossas Dicas

Confira 4 vantagens do uso da Contract Logistics no comércio exterior

O mero transporte de uma mercadoria de um ponto há outro já não é mais suficiente. A cadeia logística tem apresentado constantemente carências às quais as empresas devem estar atentas para supri-las. Nesse sentido, uma das maneiras de melhor monitorar e gerenciar as operações é por meio da Contract Logistics ou Consolidação de Cargas. Utilizada pela Asia Shipping (AS), a estratégia torna os serviços mais abrangentes, pois acompanha desde a produção do material até a distribuição. O principal conceito é sincronizar todas as partes do processo, auxiliando na organização da alta demanda de mercadorias de nível internacional. Para entender melhor como a Contract Logistics pode facilitar os processos logísticos, confira abaixo 4 benefícios de optar por esse serviço!

1 – Satisfação do cliente

A entrega da mercadoria de maneira responsável e completa é o que o cliente espera de uma integradora logística, serviço que a AS realiza a partir da Contract Logistics. Com essa gestão, é possível agrupar várias remessas em menos caminhões, aumentando o compromisso de entrega, além da eficiência do descarregamento.

2 – Consistência da cadeia de fornecimento

Ao realizar a consolidação das remessas, é possível identificar os padrões de pedidos dos clientes, o que irá permitir que seja feito um plano adequado para evitar os envios atrasados, bem como a perda de produtos. Isso, consequentemente, tornará o trabalho do cliente muito mais organizado e preciso.

3 – Relacionamento

Permitir que uma integradora logística realize o serviço de Contract Logistics em prol da sua empresa, certamente irá favorecer que ela compreenda suas metas de transporte e possa empregar sua tecnologia e infraestrutura para proporcionar um acompanhamento eficaz e econômico.

4 – Economia

Além de atingir os volumes de envio necessários para importação e exportação, a Contract Logistics é capaz de favorecer economias de escala e de custo, evitando a contratação de consolidadores terceiros para efetuar seus embarques.

Considerado um dos serviços mais completos do mercado em importação, as estratégias de logística integrada da AS em Contract Logistics abrange todos os pontos da cadeia logística, desde a coleta ao recebimento, consolidação, armazenagem no Brasil, desembaraço e entrega da carga no destino final. As saídas são semanais diretas para o porto de Santos a partir da Ásia, Europa, América do Norte e América do Sul. A empresa também trabalha com Contract Logistics na exportação, sempre com foco em otimizar as operações de seus clientes com qualidade.

Serviços
Aéreo
Importação

Avião de passageiro ou cargueiro: qual utilizar para importação aérea?

Com o principal intuito de realizar uma entrega mais rápida, a importação aérea é uma das possibilidades de modal a ser utilizado no comércio exterior. Porém, existe mais de uma forma de realizar isso, sendo as características do produto a maior influência na escolha. Para que o transporte seja realizado com segurança, no momento da cotação do frete, é indispensável fornecer todos os dados reais do produto, de modo a garantir que a entrega seja feita de forma correta e os custos dentro do previsto. Realizar todos os procedimentos aduaneiros necessários para este modal também é de extrema importância, para que não se tenham problemas futuros especialmente com a Receita Federal.

Por se tratar de um transporte ágil e cuidadoso, o valor da importação aérea é consideravelmente alto. Por isso, muitas empresas buscam alternativas para tentar baratear o valor do frete. Uma dessas alternativas é fazer o embarque da mercadoria em um avião de passageiro. Isso é possível desde que o produto esteja de acordo com as normas estabelecidas pela companhia aérea. Como neste caso, a carga ficará junto das bagagens dos passageiros, caso o voo esteja lotado o espaço para a mercadoria será nulo. Já se houver lugares vagos, é possível fazer o despache, desde que dentro dos limites de peso e tamanho.

Quando a mercadoria não se enquadra nessas exigências, aí a importação aérea precisa ser realizada por meio de um avião cargueiro. Existem também algumas restrições ao embarque em aeronave tradicional, como para cargas perigosas e/ou químicas como as baterias, por isso exigem que os aviões cargueiros, específicos para o transporte de mercadoria. Além de um espaço maior, eles fazem uma rota diferenciada para que o desembarque seja feito em aeroportos específicos por medidas de segurança.

Embora a redução dos custos logísticos seja importante, para a cotação do frete em um avião de passageiros, é necessário que todas as informações sejam passadas corretamente, da maneira como a Asia Shipping (AS), maior integradora logística da América Latina, realiza. Só assim será possível avaliar se esse transporte será possível e o custo exato que a empresa terá com ele. A AS reforça ainda a importância de, independentemente do tipo de avião a ser realizada a importação aérea, os procedimentos aduaneiros serem realizados conforme estipulado pela Receita, evitando irregularidades.

Serviços
Aéreo
Exportação
Importação

Transporte aéreo de cargas: confira tendências do mercado para este ano

O transporte aéreo de cargas é um importante modal nas relações de comércio, dentro e fora do país. Isso porque oferece maior velocidade e segurança na movimentação das mercadorias. De acordo com a Associação Nacional de Aviação Civil (Anac), somente em 2018 as companhias brasileiras transportaram 470,9 mil toneladas movimentadas em território nacional, uma alta de 10,5% sobre 2017, o que corresponde à maior evolução dos últimos sete anos. No transporte de cargas para o exterior, os avanços foram igualmente significativos. Considerado o maior resultado desde o início da série histórica, iniciada em 2000, foram computadas 281,7 mil toneladas em 2018, um aumento de 24,4% em relação ao ano anterior.

Para que o segmento continue em constante evolução é imprescindível que os profissionais do setor de transporte aéreo de cargas tenham em mente as tendências para os próximos meses, para que assim seja possível consolidar cada vez mais este modal. A geração de novos negócios, o crescimento do mercado internacional, a chegada de novos investimentos e inovações tecnológicas, bem como a maior utilização do serviço por alguns segmentos da indústria, são as principais delas e das quais vamos tratar melhor nos tópicos a seguir.

  1. Geração de novos negócios

É importante estar atento às novas oportunidades de negócios com relação ao transporte aéreo de cargas, especialmente aos acordos bilaterais com outros países. Mesmo que, com base nos resultados dos últimos meses, tudo indique que os principais parceiros continuem sendo os mesmos de 2018: China, Alemanha, Estados Unidos, México e Espanha.

  1. Crescimento do mercado internacional

Um levantamento da Seabury, uma das mais importantes consultorias globais para o transporte aéreo de cargas, prevê que de 2019 a 2022, o segmento obterá cerca de 3,5% de alta ao ano, expansão que deve ser analisada com foco em ações para aprimoramento dos serviços prestados.

  1. Chegada de novos investimentos

Com um setor tão aquecido, certamente novos investimentos devem acontecer, o que traz mais competitividade e modernidade ao transporte aéreo de cargas.

  1. Inovações tecnológicas

Todo esse investimento deve ser realizado a partir de sistemas inteligentes e que aumente cada vez mais a capacidade do setor.

  1. Utilização do modal pela indústria

Os setores Automotivo, Manufatureiro, Químico e Healthcare estão entre os destaques para este ano, devendo apresentar um registro de volumes expressivo.

A Asia Shipping é a maior integradora logística da América Latina e possui entre os seus serviços o transporte aéreo de cargas. “Com visão de expansão e acompanhando as tendências do mercado, buscamos sempre prestar um atendimento personalizado ao cliente, contribuindo para o desenvolvimento do comércio no Brasil e no Mundo”, afirma a empresa. Acesse o site e confira detalhes!

Mercado
Últimas notícias
Brasil

Expansão global é o segredo da liderança da Asia Shipping no mercado

Ser referência no transporte internacional de cargas traz à Asia Shipping grandes oportunidades, mas isso só é possível hoje, pois há 23 anos a empresa investe no aprimoramento dos serviços e principalmente em sua expansão global. Com escritórios próprios em 11 países, a visão da multinacional é estar presente em todos os continentes.

Foi graças à expansão global que a empresa buscou desde seus três anos de atuação, com a criação da Asia Shipping International Transport em Hong Kong, que a internacionalização dos serviços se intensificou, sendo o ponta pé inicial para agregar novas possibilidades aos serviços prestados. Exemplo disso foi o início das operações de desembaraço aduaneiro, realizada desde 2008.

As inaugurações mais recentes da multinacional foram os escritórios de Frankfurt e Hamburgo. Considerada a economia mais importante da Europa e a quarta potência econômica mundial, depois dos Estados Unidos, China e Japão, a Alemanha tem um grande potencial ao qual a Asia Shipping tem muito a contribuir com seus serviços logísticos. Os anos de experiência adquiridos pela empresa com sua expansão global, a tornam ainda mais sólida para a prestação de um serviço de qualidade e mais especializado. Isso, além de preservar seu posicionamento no mercado como especialista em importações, é um ponto crucial para a conquista de certificações e premiações.

Importante para proporcionar mais segurança ao cliente, o reconhecimento da Asia Shipping como a maior integradora logística latino-americana pode ser atestado pelo destaque que ganhou ao integrar o ranking das 50 maiores companhias do setor mundial de Freight Forwarding da Transport Topics. Outra importante conquista da empresa, que se deve também à sua expansão global, é a adesão ao Programa Brasileiro de Operador Econômico Autorizado-OEA, cujo objetivo é promover uma integração entre as aduanas e todos os operadores envolvidos na cadeia do comércio internacional de modo a evitar ações criminosas no trânsito entre os países, envolvendo terrorismo e trânsito ilegal de mercadorias. Essa certificação dá à empresa o direito de desfrutar de diversos benefícios como as vantagens dos Acordos de Reconhecimento Mútuo (ARM) que a Receita Federal Brasileira venha a assinar com as Aduanas de outros países.

Consolidação de Cargas
Serviços

Descubra tudo que você precisa saber sobre Carga Consolidada Marítima

Para que uma empresa tenha ganho de produtividade com redução dos custos é necessário investir em recursos desenvolvidos especificamente para o setor pretendido, pois só assim será possível obter bons resultados. Trabalhar com comércio exterior é lidar continuamente com uma série de processos burocráticos. Justamente para facilitar a rotina que a Carga Consolidada Marítima passou a ser implementada.

O conceito de Carga Consolidada Marítima nada mais é do que o agrupamento de mercadorias. Desde que tenham o mesmo destino, elas podem ser de um ou mais usuários. Os itens, por sua vez, são descritos individualmente no documento que os acompanha. O conhecimento denominado “Mãe” é aquele que liga a empresa consolidadora à desconsolidadora. Dentro deste, porém, tem também os conhecimentos “filhotes”, em que cada um indica seu respectivo destinatário.

Mas antes de optar pela Carga Consolidada Marítima é importante analisar se este modelo não irá prejudicar a integridade do que pretende ser transportado, já que esta é uma opção interessante para ganho de espaço. Ao possibilitar que mais de uma carga seja levada em uma mesma viagem, produtos frágeis podem não ser recomendados, por exemplo. Desde que não tenham contraindicações, o procedimento é muito interessante, pois facilita o transporte, bem como seu controle e movimentação. Além de tudo, como destacado no início do texto, ele é capaz de facilitar os processos e reduzir os custos logísticos envolvidos. Veja abaixo outras vantagens:

– Documentação: com menos burocracia, as mercadorias agrupadas contêm apenas o conhecimento “Mãe”, mesmo que com o detalhamento dos destinatários.

– Rapidez: a Carga Consolidada Marítima favorece etapas de conferência de mercadoria e análise de documentos mais prática e rápida.

– Manuseio: o transporte também fica muito mais fácil, diferente de quando os objetos estão isolados.

Considerado um dos mais completos do mercado, o serviço de Carga Consolidada Marítima da Asia Shipping é mais uma das soluções de logística integrada oferecidas pela empresa. Com saídas semanais, o serviço abrange todos os pontos da cadeia, não só com relação à importação, como também exportação LCL. Assim, é possível otimizar suas operações com qualidade. Não deixe de entrar em contato para conhecer nosso trabalho!

Mercado
Mundo

Notável, Aeroporto de Miami é referência em frete internacional

Conhecido pela sigla MIA, o Aeroporto Internacional de Miami está localizado próximo do centro da cidade e é operado pelo Departamento de Aviação de Miami-Dade. Com 91 anos de existência, ele é considerado um importante aeroporto da América do Norte, sendo o terceiro mais movimentado dos Estados Unidos para passageiros internacionais. No que se refere ao transporte de cargas, o Aeroporto de Miami também é capaz de proporcionar um importante serviço de importação e exportação de produtos.

De acordo com o Observatório da Complexidade Econômica (OEC), a 3º maior economia de exportação no mundo são os Estados Unidos, visto que em 2017, o país exportou US $ 1,25 Trilhões e importou US $ 2,16 Trilhões, resultando em um saldo comercial positivo de US $ 910 Bilhões. Em 2017, o PIB do Estados Unidos foi de US $ 19,4 Trilhões e seu PIB per capita foi de US $ 59,5 milhões. Toda essa demanda só é suprida com estruturas adequadas para realizar a devida logística da carga, como a que apresenta o Aeroporto de Miami. Referência em frete internacional, ele conta com uma linha de mais de 100 transportadoras aéreas. Principal motor econômico do Condado de Miami-Dade e do estado da Flórida, o aeroporto gera uma receita de negócios de US $ 30,9 bilhões por ano e aproximadamente 60% de todos os visitantes internacionais da Flórida.

Maior porta de entrada do mundo para a América Latina e o Caribe, o Aeroporto de Miami processa 83% de todas as importações aéreas e 79% de todas as exportações para / da região, oferecendo serviço para 106 destinos globais, o que compreende quatro continentes. Para se ter uma melhor visão da sua relevância para o segmento logístico, ele foi designado pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) como o primeiro aeroporto no Hemisfério Ocidental, e apenas o segundo do mundo, líder confiável no setor de transporte de produtos farmacêuticos.

A maior integradora logística da América Latina, Asia Shipping, é especialista em transporte internacional de cargas e possui no Aeroporto de Miami um escritório próprio, o qual consegue realizar a exportação de cargas diretamente para o Brasil, além de ser conexão para todo o mundo. Prioriza velocidade na exportação de carga? Nós temos o serviço certo para você. Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar!